Saltar para o conteúdo

3 histórias de lideranças femininas que viraram livros

  • Bilinguismo

Sou Marina, carioca, mãe de 3 filhos e desde 2016 estou à frente da Spot Educação, que inclui o programa bilíngue Edify, a operação da Cultura Inglesa em 5 estados e a escola de tecnologia para crianças codeBuddy.

Sempre me perguntam como que, sendo mulher, eu consigo dar conta de uma vida profissional intensa e ao mesmo tempo da vida pessoal, especialmente sendo casada e tendo 3 filhos pequenos (hoje com 3, 6 e 9 anos).

Acho que a primeira coisa é você se dar conta que realmente não dá para ser a mulher maravilha e, por isso, você deve buscar entender seus limites e sempre respeitá-los. A segunda coisa é ter exemplos externos como um caminho para se espelhar e fazer trajetórias individuais ganharem força.

Lideranças Femininas no Brasil

Vejo diversas mulheres que considero inspiradoras e chegaram longe. Na esfera nacional, o caso mais conhecido do mundo corporativo é o da Luiza Trajano, que está à frente da Magazine Luiza e hoje levanta de forma muito forte a bandeira das lideranças femininas no Brasil.

Outros casos legais para se espelhar são o da Claudia Sender, atual CEO da LATAM Brasil e o da Patricia Ellen atual secretária de desenvolvimento de SP, que foi sócia da Mckinsey e CEO da Optum.

No mundo como um todo, citaria a Sheryl Sandberg, COO do Facebook, como uma forte feminista, e como não esquecer a Michelle Obama, um grande exemplo de liderança feminina no mundo.

Nesse dia 8 de Março, em que comemoramos o Dia Internacional da Mulher, eu gostaria de indicar 3 livros incríveis com histórias empoderadoras para você também se inspirar em grandes lideranças femininas.

Minha vida na estrada

3 histórias de lideranças femininas que viraram livros

O livro conta a trajetória da jornalista, escritora e líder feminista Gloria Steinem, mostrando sua primeira experiência com o ativismo social para mulheres na Índia até a histórica Conferência Nacional da Mulher de 1977.

A vida da ativista na estrada pôde proporcionar encontros profundos e criar uma visão de quanto o movimento do qual fazia parte poderia transformar o mundo.

Becoming Michelle Obama

Neste livro, conhecemos a história pessoal e profissional de uma mulher que se transformou em um ícone nos Estados Unidos e no mundo: Michelle Obama.

Através de um narrativa leve, expõe como a primeira-dama, na época, se transformou em uma porta-voz das mulheres e meninas, trazendo uma nova visão de como as famílias poderiam levar um estilo de vida mais saudável.

Também traz fatos de sua infância e momentos em que, com integridade, ela superou e desafiou expectativas enquanto estava na Casa Branca.

Half the Sky: Turning Oppression into Opportunity for Women Worldwide

Escrito pelo casal de jornalistas Nicholas Kristof e Sheryl WuDunn, o livro traz histórias impressionantes de mulheres e meninas que sofreram violação de direitos humanos básicos em países em desenvolvimento.

A partir de uma trajetória pela Ásia e África, o casal mostra alguns exemplos de mulheres que estão nesses continentes lutando pela sua própria vida e pela vida de outras. Um livro impactante e forte, que merece ser lido.

E você? Tem alguma dica que possa me dar? Deixe nos comentários!

Compartilhe esse texto!

Veja textos relacionados: