Saltar para o conteúdo
Educação infantil na pandemia planejando de acordo com a BNCC

Educação infantil na pandemia: 5 passos para planejar de acordo com a BNCC

  • Práticas Pedagógicas

A Base Nacional Comum Curricular é um documento criado pelo governo que define as aprendizagens essenciais que devem ser desenvolvidas por todos os alunos, sendo que já é realidade nas escolas públicas e privadas. Porém, você sabe o que é e o que muda na Educação Infantil com a BNCC em tempos de pandemia?

A BNCC engloba todas as etapas e modalidades da Educação Básica, passando pela Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio. Ela tem como objetivo assegurar  os direitos de aprendizagem e desenvolvimento dos estudantes, de acordo com o Plano Nacional de Educação (PNE).

As competências da BNCC na educação infantil, e em todas as outras etapas, segue o princípio de que a “educação deve afirmar valores e estimular ações que contribuam para a transformação da sociedade, tornando-a mais humana, socialmente justa e, também, voltada para a preservação da natureza”. Dessa forma, mantendo-se alinhada à Agenda 2030 da ONU (Organização das Nações Unidas).

Com a Base, os professores e as escolas de todo Brasil passam a ter metas pedagógicas claras. Com isso, é possível nivelar a aprendizagem entre os estados e proporcionar uma equidade de oportunidades. Estamos certos de que essa fase da educação básica é responsável pelo desenvolvimento de princípios fundamentais essenciais ao processo contínuo de aprendizagem. 

Mas, a pandemia chegou e esse segmento foi o mais afetado durante esse tempo. Muitos conselhos e prefeituras não validaram o ensino remoto para essa etapa e tão pouco promoveram discussões mais horizontais na tentativa de auxiliar famílias e docentes.

Com o retorno tímido ainda das aulas presenciais, e, diante do modelo híbrido de ensino, como podemos planejar melhor na Educação Infantil?

  1. Tenha em mãos o documento, a BNCC, e o currículo da sua escola para planejar;
  2. No documento elaborado pela escola, preencha a faixa etária que será atendida, e quais os campos de experiência que serão integrados naquela atividade ou temática;
  3. Conecte os objetivos de aprendizagem destacados na BNCC com os campos de experiência, dependendo do que você irá trabalhar e do que você quer passar para seus alunos;
  4. Se atente ao eixo temático, metodologia e avaliação, pois esses devem ser discutidos com a equipe docente e os demais profissionais responsáveis pelo planejamento;
  5. Identifique quais serão os direitos de aprendizagem garantidos com essa temática escolhida.

O planejamento é de grande importância para a organização do trabalho escolar, sem ele as aulas podem se tornar monótonas e desorganizadas. Segundo a BNCC, a Educação Infantil deve contemplar dois eixos estruturantes: interações e brincadeiras, haja vista que a criança se desenvolve, interagindo com o meio e com os outros que constroem o conhecimento.

Sendo assim, para mais sucesso na intencionalidade pedagógica, ao desenvolver projetos ou sequências didáticas para esse público, fique atento:

  1. Escolha projetos (temáticas) que tenham como foco a ampliação de saberes;
  2. Invista no estímulo da curiosidade das crianças, inspire-as e traga desafios possíveis;
  3. Foque em projetos que exijam pensamento científico e crítico;
  4. Incentive o autoconhecimento e as habilidades socioemocionais.

Os tempos são complexos e as situações desafiadoras, exigindo de nós educadores, mais resiliência, pesquisa e flexibilidade para mudanças. Creia:

A criança é do tamanho da sua esperança

Reuven Feurestein

Compartilhe esse texto!

Veja textos relacionados: