Brincadeiras para treinar inglês com as crianças em casa
Educação
qua mar 18
André Hedlund
André Hedlund

André Hedlund

Professor de inglês há mais de uma década, trabalho em diferentes escolas, universidades e em muitos negócios. Sou bacharel em Relações Internacionais e atualmente faço mestrado em Psicologia da Educação na Universidade de Bristol, Inglaterra, como Chevening Scholar. Trabalho como consultor acadêmico e instrutor de ensino da National Geographic Learning (conteúdo Nat Geo + TED Talks), também defendo a plataforma educacional online International Education and Resource Network (iEARN) e fui eleito o novo presidente da Partners of the Americas Goiás. Sou examinador de certificados de Michigan, membro do Grupo de Interesse Especial (SIG) da Mente, Cérebro e Educação do BRAZ-TESOL e sonho em mudar a educação em todo o mundo por meio dos conceitos dessa nova ciência.

André Hedlund

Brincadeiras para treinar inglês com as crianças em casa

Com o recesso escolar, muitas famílias podem ficar em dúvida sobre qual é a melhor forma de manter as crianças ocupadas, com atividades engajadoras e que ao mesmo tempo as desenvolvam intelectual e socialmente. Mas, mesmo que os pais não sejam fluentes no inglês, é possível estimular os filhos para que eles não percam a prática na língua, e ainda aprendam mais vocabulário na própria casa.

Inspirados nas dicas de atividades infantis para fazer em casa com crianças de 2 a 6 anos da Arteeducadora Lana Ludmila (@lanaludmila), nossa equipe pedagógica montou brincadeiras que podem ser feitas em família para treinar o inglês dos pequenos e deixá-los ainda mais confortáveis com a língua. Dá uma olhada!

Vocabulário básico trabalhado

Chunks (estruturas fixas) trabalhadas:

Como colocar a mão na massa?

Ajude-os com os materiais. Coloquem tudo em uma bancada ou no chão para que seus filhos possam se movimentar livremente. Utilize um forro de papel ou plástico para cobrir a área de trabalho das crianças. Durante o processo de criação, use o vocabulário básico sugerido e repita com as crianças algumas vezes. Utilize os chunks para fazer perguntas e obter as respostas indicadas. Treine inúmeras vezes com os seus filhos para consolidar. Se você não se sente seguro com a pronúncia do vocabulário e com os chunks, uma dica é usar o Google Tradutor. Basta copiar e colar as palavras e frases em inglês e clicar no ícone da caixa de som para ouvir a pronúncia. Lembre-se de ajudar seus filhos a buscarem no próprio Google outras palavras que possam despertar seu interesse. O resto é muito aprendizado e diversão!

SUGESTÃO: Tirem fotos e façam vídeos para postar nas redes sociais. Não se esqueçam de marcar @edifyoficial.

  1. Boneco de neve
O boneco de neve pode ser uma ótima brincadeira para treinar inglês! Na foto, é ilustrado o boneco feito com tampinhas de garrafa.

Junte as tampinhas que tem em casa e peça para a criança agrupá-las e colá-las em um papel no formato de um boneco de neve. Depois, ela ainda pode usar a imaginação e desenhar um cenário ao redor do mascote. Para deixar a brincadeira ainda mais real, você pode usar algodão para fazer a neve.

2 – Mix de cores

A tijela de tintas também pode ser usada como uma brincadeira para treinar inglês! Na foto, é ilustrado o boneco feito com tampinhas de garrafa.

Para trabalhar as cores, pegue uma tigela com leite e adicione duas gotas de cada corante ao líquido e não mexa. Em seguida, adicione uma gota de detergente e veja a mágica acontecer! 

3 – Bandeja Sensorial

Com uma bandeja ou prato com divisórias, pegue pedras, grãos e qualquer outro material que você tenha em casa para deixar que a criança monte um ambiente hipotético e crie sua própria história.

4 – Roupa fake

Em uma sacola de papelão, peça para a criança desenhar com canetinha uma roupa criativa que ela gostaria de ter. Depois, ela pode “vestir” a sacola e desfilar dentro de casa.

Compartilhar:

Comentários:

Artigos relacionados

Educação socioemocional: o que é e como adotar na sua escola
Educação
qui Maio 6 Marcela Tavares

Educação socioemocional: o que é e como adotar na sua escola

Há alguns anos, ouvíamos muito a seguinte frase “a família educa e a escola ensina”. Com essa frase, podíamos perceber uma clara divisão de…

Leia Mais

O mito dos falantes nativos: o restaurante italiano do Jamie Oliver
Educação
sex abr 30 André Hedlund

O mito dos falantes nativos: o restaurante italiano do Jamie Oliver

Um sonoro SIM. É assim que o artigo intitulado “Os falantes nativos de inglês são professores melhores?” no South China Morning Post começa.…

Leia Mais

Educação infantil: a importância do estudo de neurociência no desenvolvimento dos alunos
Educação
sex abr 23 Carlos Mansilha

Educação infantil: a importância do estudo de neurociência no desenvolvimento dos alunos

Quando tratamos de ensino bilíngue na educação infantil, muitas ideias pré-concebidas surgem. Pais e responsáveis podem pensar que todo esse…

Leia Mais