Como incentivar a interdisciplinaridade na sua escola?
Educação
sex jun 14
Viviane Jesuz
Viviane Jesuz

Viviane Jesuz

Coordenadora Pedagógica Sênior do Edify. Graduada em Letras - Português/Inglês (UERJ) e História (UFF), possui Mestrado e Doutorado em História Medieval (UFF). Viviane tem mais de 10 anos na área de educação, como profesora, pesquisadora e treinadora. Além de Literatura e História inglesa, adora música, séries e viagens.

Viviane Jesuz

Como incentivar a interdisciplinaridade na sua escola?

Você sabe o que incentivar a interdisciplinaridade de fato significa? É pensando na importância desta atitude que publicamos este texto. Você consegue identificar quais disciplinas estão envolvidas nestes projetos?

  1. 1. Os alunos estão estudando formas de indicar direções em inglês. Como parte de um projeto, eles devem criar um mapa de uma cidade medieval para um jogo de tabuleiro em inglês. Quais disciplinas estão envolvidas?
  2. 2. A turma plantará e cuidará de uma horta coletiva, que terá toda a sinalização em inglês. Ao longo do projeto, os alunos irão pesquisar sobre as condições do solo e sobre o cultivo e o ciclo das plantas. Consegue identificar quais disciplinas estão envolvidas nesse projeto?

Os casos acima representam exemplos de atividades e projetos interdisciplinares desenvolvidos no ambiente escolar e envolvem, é claro, diversas disciplinas. Vamos conferir?

  • 1. Inglês (giving directions), História (cidades medievais) e Geografia (cartografia)
  • 2. Inglês (describing plants), Geografia (solo) e Ciências (ciclo das plantas)

O que é interdisciplinaridade?

Com a implementação da BNCC, a interdisciplinaridade voltou a ocupar papel de destaque nas discussões do contexto escolar. Isso se deve ao fato de encontramos, dentre as indicações do documento, um incentivo à integração de conteúdos e conceitos de diferentes áreas do conhecimento. No entanto, o conceito ainda gera dúvidas.

Cabe diferenciar os termos: a multidisciplinaridade indica um tema abordado em diversas disciplinas, enquanto a transdisciplinaridade implica em um modelo complexo com a dissolução das fronteiras entre disciplinas. A interdisciplinaridade, por sua vez, existe quando os conteúdos de diferentes áreas do conhecimento são integrados a fim de proporcionar a compreensão mais aprofundada de um tema.

Uma abordagem interdisciplinar almeja propiciar um conhecimento escolar contextualizado, não fragmentado, levando os alunos ao entendimento de que as diferentes áreas do conhecimento estão integradas nos momentos de aprendizagem, assim como na vida.

Tudo isso envolve um planejamento de aula por parte do professor, atendendo às expectativas dos estudantes. Para os estudantes, este é um movimento imprescindível para perceber que a conexão entre os saberes vai além dos limites de disciplinas específicas.

Quais são os desafios da interdisciplinaridade na escola?

Há, é claro, desafios para aqueles que se propõem a trabalhar a interdisciplinaridade em seu contexto escolar. Tais desafios englobam desde a disponibilidade de tempo à formação docente, uma vez que não há uma metodologia específica que promova uma abordagem interdisciplinar.

A atuação conjunta do grupo docente é um dos elementos indispensáveis para o sucesso de um projeto interdisciplinar, enriquecendo a experiência do próprio educador. Ao desenvolver projetos interdisciplinares com seus pares, os professores potencializam habilidades de elaboração de planejamento e ampliam a gama de procedimentos didáticos de seu repertório. Desse modo, faz-se necessário propiciar aos professores oportunidades para um planejamento colaborativo com demais colegas de equipe.

Outro aspecto fundamental para garantir projetos interdisciplinares ao longo do ano é estabelecer já no planejamento de cada período escolar (seja semestre, trimestre ou bimestre) momentos em que tais projetos possam ser desenvolvidos. Assim, evita-se que o tempo seja um empecilho para uma abordagem que certamente trará alunos mais motivados e engajados.

Esse movimento, por sua vez, ocorre essencialmente através da mediação da coordenação pedagógica, responsável por alinhar a pertinência dos projetos aos objetivos de cada ano escolar. Junto aos professores, o coordenador pedagógico discute os temas e as possibilidades de integração de cada disciplina, a fim de definir as etapas e atividades a serem elaboradas. Esse processo é crucial para que os projetos apresentem uma unidade conceitual frente ao tema escolhido, não se transformando em um apanhado disforme de diversas disciplinas.

Como estimular a interdisciplinaridade?

Confira algumas sugestões a seguir:

  • • Opte por temas que tragam motivações reais para os alunos, como o caso inicial da horta, que pode gerar alimentos para a cozinha da escola, ou do jogo de tabuleiro, que pode ser utilizado pela turma e depois disponibilizado na biblioteca para ser jogado por outros alunos.
  • • No caso de projetos, lembre-se de que eles devem ter um público alvo em mente. Nada melhor do que explorar a própria comunidade escolar.
  • • Proporcione aos alunos atividades práticas e oportunidades de exercer seu protagonismo, aguçando sua curiosidade através de pesquisas e muita mão na massa.
  • • Comece por atividades interdisciplinares mais simples para preparar os alunos para projetos maiores.
  • • Busque e promova parcerias no ambiente escolar.
  • • Se você é professor, compartilhe seu planejamento com outros professores para que juntos possam encontrar oportunidades para trabalhos interdisciplinares.
  • • Se você é gestor, diretor ou coordenador pedagógico, incentive sua equipe a compartilhar seus planejamentos e a colaborar na elaboração de projetos.

Incentivar a interdisciplinaridade demonstra um olhar diferenciado para o conhecimento e uma postura ativa para os alunos, promovendo uma experiência mais integral de aprendizagem. Assim, fomenta a construção de um conhecimento globalizante, que ultrapassa os limites das disciplinas e das paredes da sala de aula. Você está pronto para se lançar a este desafio?


Compartilhar:

Comentários:

* Campos obrigatórios.

Neidjane Marinho

Thu Dec 12

Gostei muito dessa proposta e queria discutir no grupo docente para juntos fazermos a diferença na vida dia discentes de nossa comunidade escolar

Artigos relacionados

Tendências Educacionais para a próxima década
Educação
qua dez 23 Marcela Nesello

Tendências Educacionais para a próxima década

No presente momento, o Brasil vive uma grande fase de transição na Educação. Além da BNCC, temos o Novo Ensino Médio chegando com força e a…

Leia Mais

Como aplicar a cultura maker na educação?
Educação
qui dez 17 Aline Arruda

Como aplicar a cultura maker na educação?

A principal ideia da utilização da cultura maker na educação é de que todos nós podemos criar, construir e reparar objetos com as nossas…

Leia Mais

Metodologias Ativas para uma educação inovadora e empreendedorismo em sala de aula
Educação
sex dez 4 Márcio Pantoja

Metodologias Ativas para uma educação inovadora e empreendedorismo em sala de aula

Antes de entrarmos no tópico das Metodologias Ativas para uma educação inovadora e de como trabalhar o empreendedorismo em sala de aula é um…

Leia Mais