Saltar para o conteúdo

A contribuição do professor no ensino bilíngue

  • Bilinguismo

Ensinar inglês é uma tarefa que não se reduz à transmissão de um código linguístico para os alunos. Um idioma é um mediador de diferentes formas de pensar, que envolvem inúmeras conexões sociais, culturais e geográficas. Estas fazem parte da própria constituição de uma pessoa. Sendo assim, é inquestionável a importância do professor no ensino bilíngue.

Uma abordagem de bilinguismo tem o seu papel fortalecido ao focar não somente no aspecto estrutural da língua, mas também na valorização da empatia e na inserção cultural dos alunos neste mundo globalizado. Essa complexa tarefa é parte do papel do professor de inglês, que alia a experiência linguística com um aprendizado de conhecimentos de mundo.

Veja algumas das principais facetas do papel do professor na criação de uma experiência de educação bilíngue.

Principais desafios do professor no ensino bilíngue

1. O contexto do professor no ensino bilíngue e dos alunos em suas rotinas

O contexto do ensino é importante de várias formas e entendê-lo é um dos principais desafios de um professor de inglês. 

Os alunos estão inseridos em diferentes contextos, a depender da idade, localização, classe econômica, etc. Quando um professor se depara com uma nova turma, seu papel inclui considerar as diferenças e especificidades dos alunos com quem vai se relacionar e criar oportunidades de troca de experiências.

Entrar em uma sala de aula é criar uma relação com as pessoas que estão lá para aprender.  É uma interação de dupla via, uma comunicação.

O professor de inglês pode utilizar-se de seus conhecimentos de mundo e compartilhá-los com seus alunos. Algo que deve ser previsto até mesmo em um plano de aula.

2. Cultura POP

O inglês, enquanto língua universal, está presente em todo o lugar, oferecendo ao educador a oportunidade de explorar diferentes características culturais, entre elas, a cultura pop.

Inserir comentários e exemplos da cultura pop ajuda a trazer o ensino do idioma para a vida cotidiana dos alunos. Como por exemplo, explorar séries, filmes, livros, músicas e redes sociais, que possibilitam a exposição do aluno ao idioma em diferentes contextos autênticos.

Além disso, o professor que demonstra interesse pelo mundo particular dos alunos também aprende com eles, gerando confiança e alimentando uma relação saudável em sala de aula. O contato com a cultura de diferentes países de língua inglesa terá grande impacto na sensibilização dos alunos para o respeito às diferenças e pluralismo cultural. 

3. Integração com outras disciplinas

Uma característica fundamental do ensino bilíngue é criar pontes entre a língua e diferentes áreas de conhecimento. É por isso que abordagens de ensino bilíngue buscam utilizar exemplos, lições e atividades que integram conceitos de física, biologia, literatura, geografia, etc.

Por exemplo, compreender mais profundamente conflitos internacionais e questões geopolíticas. As aulas com conteúdo interdisciplinar possibilitam uma maior interação entre os alunos, oportunidades de colaboração , pensamento crítico e um entendimento da ligação entre as partes.

4. O contexto escolar e da sala de aula

Para crianças e adolescentes em período de formação, a escola representa uma grande parte de suas vidas. Assim, o contexto da sala de aula é um laboratório para construção de saberes e habilidades de vida. É no momento de conversações, questões e respostas e interações cotidianas que grande parte da fluência pode ser adquirida.

O papel do professor , além do estímulo à oralidade , também inclui exercer a função pedagógica de monitorar e aproveitar inadequações linguísticas, diferenças e até mesmo tensões entre os alunos, para desenvolver momentos de insight e aprendizado.

5. O respeito pela língua e a empatia

Ser bilíngue é vivenciar diferentes experiências culturais . Eis um dos grandes benefícios desse ensino, capaz de gerar conexões, superar fronteiras e desenvolver a socialização em níveis mais amplos. O professor de inglês possui a responsabilidade de contribuir para a formação de cidadãos do mundo, facilitando o seu acesso a diferentes pessoas, países e culturas e ampliando as possibilidades de comunicação.

Compreender variações, sotaques e gírias é também respeitar a língua, pelo conhecimento do uso que seus falantes fazem de sua expressividade. É importante que o professor incentive o respeito às características variacionais do idioma, de acordo com o local em que é utilizado.

Nesse artigo passamos por alguns pontos que fazem parte do ofício de professor de inglês. A participação ativa na formação de pessoas bilíngues é uma grande responsabilidade que traz diversos frutos, em ambas as partes.

Quer saber mais sobre o papel do professor no ensino bilíngue? É fácil! Entre em contato com o Instituto Edify ou comente neste artigo suas dúvidas.


Confira como a necessidade de interação num contexto mundial influencia no processo de aquisição de uma segunda língua. Baixe grátis aqui!

Compartilhe esse texto!

Veja textos relacionados: