Saltar para o conteúdo
férias escolares

Férias escolares: 5 atividades para aumentar a satisfação dos responsáveis

De maneira geral, para muitos, o processo de ensino-aprendizagem está diretamente relacionado ao período letivo, ou seja, aos momentos em que os alunos estão ativamente participando das aulas. Quando falamos de férias escolares podemos imaginar logo um momento de viagem em família ou de brincadeiras sem a rotina tradicional. Porém, será que o descanso deve ser a única preocupação ao longo desse período?

A elaboração de atividades pedagógicas durante as férias escolares pode trazer diversos benefícios tanto para os alunos quanto para as escolas, ajudando a manter o vínculo criado ao longo do ano, favorecendo e intensificando o contato com os responsáveis e família.

Se você pretende aplicar essa ideia na sua escola, continue a leitura e descubra todas as informações e os benefícios que esse planejamento pode trazer. Vamos lá!

Por que é importante aumentar a satisfação dos responsáveis no período de férias escolares?

As férias escolares é um período muito esperado pelos alunos, que, muitas vezes, já fazem planos e se animam em poder brincar o dia inteiro ou dormir até mais tarde. Porém, podemos unir tudo isso com algumas atividades importantes para o seu desenvolvimento e, em algumas oportunidades, incluir também a família.

Atualmente, não é segredo que existe um número considerável de escolas disponíveis e que a transferência de alunos não é algo raro de acontecer. Sendo assim, as férias escolares tornam-se uma excelente oportunidade para ter um contato mais direto com os responsáveis, a fim de encantá-los e deixá-los satisfeitos, tendo em mente que eles devem ter plena confiança no lugar onde seus filhos passam grande — ou a maior — parte do dia.

É importante que ao longo de todo o ano a escola invista na aproximação e na atualização dos responsáveis praticando o Making Learning Visible, porém, nos períodos de pausa, aumentar esse contato fará com que a vivência seja mais rica e o vínculo se torne maior.

Ainda mais, a preocupação em melhorar cada vez mais as atividades pedagógicas, inclusive no período de férias escolares, capacitando os educadores e investindo em experiências diferenciadas, fará com que tanto a escola, como os próprios educadores, sejam melhor reconhecidos dentro do mercado.

Além disso, é durante essa pausa nas aulas que as escolas mais investem em divulgação para maio retenção de alunos. Sendo assim, manter os alunos e responsáveis conectados com a escola é uma forma de demonstrar a preocupação e dedicação da instituição, destacando pontos positivos e a qualidade de seus educadores.

Acima de tudo, manter a preocupação com os alunos, mesmo em período de férias escolares, é muito importante, pois demonstra a dedicação do trabalho escolar e pode resultar em um retorno às aulas mais engajado do que antes.

Com responsáveis, alunos e escola trabalhando juntos o desempenho será maior, visando também a aprendizagem socioemocional.

Como as atividades pedagógicas durante as férias escolares podem diferenciar a escola no mercado?

Considerando que a pausa que antecipa o início do ano letivo tem duração aproximada de dois meses, podemos dizer que todos terão tempo suficiente para descansar e recarregar suas energias para o retorno.

Sendo assim, apostar em atividades que desenvolvam diversas habilidades e favoreçam a aquisição de diferentes conhecimentos pode tornar esse período mais proveitoso sem que exista a cobrança de execuções e resultados.

Fazer a diferença, mesmo durante as férias, tempo conhecido apenas pelo descanso, faz a escola crescer e se destacar, aumentando a sua visibilidade e, como consequência, tornando seus alunos mais preparados.

Dessa maneira, em dias esporádicos e datas pré determinadas, a gestão escolar pode desenvolver maneiras de manter o contato com o aluno, continuar estimulando sua evolução e prepará-los mais ativamente para o próximo ano, já considerando que terão acesso a diferentes conhecimentos devido ao ingresso em outro período escolar. Assim, continuará presente no cotidiano dos alunos e responsáveis, mesmo que de maneira menos explícita.

Além disso, apostar em atividades diferenciadas, que proporcionam diversas experiências e maior visibilidade pode ser uma excelente ideia!

É durante as férias escolares que ocorre a maior parte de ingressos e transferências de alunos e, permanecer ativa e visível ao longo desse período será um grande diferencial, fazendo com que a escola se destaque e alcance maior índice de satisfação.

Em um mundo em que muitos permanecem on-line 24 horas por dia, driblar esse hábito, fazer com que a tecnologia seja aliada e criar atividades que garantem grande interação, pode proporcionar ampla divulgação por parte dos responsáveis, o que aumentará a visibilidade dos pontos positivos da instituição.

Acima de tudo, é fundamental que a escola se programe com antecedência para as atividades junto com toda a equipe, assim como faz ao longo do ano com seu planejamento de aula.

4 atividades pedagógicas que vão aumentar a satisfação dos responsáveis durante as férias escolares

Primordialmente, é importante que as atividades pedagógicas não ganhem tom de obrigatoriedade, já que estamos falando de um período em que os alunos podem — e devem — aproveitar o distanciamento da escola para descansar ou desempenhar outros tipos de programas.

Às vezes nos focamos tanto nos assuntos convencionais que nos esquecemos que outros conhecimentos também são importantes para o desenvolvimento das crianças. Ao longo das férias elas podem aprender muito sobre assuntos diversos e os gestores podem apostar na potencialização desses conteúdos, incluindo a aprendizagem socioemocional.

Todos os conhecimentos e vivências devem ser planejadas e ligadas com a diversão e o lazer, sendo mais atrativo e tirando o peso das atividades propostas ao longo do ano letivo, quando todos estão sendo avaliados.

Sim, nós sabemos que nem sempre essa é uma tarefa fácil e, por isso, vamos listar abaixo 4 ideias de atividades pedagógicas que sua escola pode abordar. Veja só!

1.       Atividades com a família

Sabemos que ao longo do ano a rotina familiar, com o trabalho, escola e tarefas diárias pode ser uma correria. Sendo assim, o período de férias é uma excelente oportunidade para que todos tenham mais tempo juntos e possam aproveitar melhor esse contato.

Dessa maneira, é super válido pensar em atividades que estimulem a interação do aluno com a família, tanto no ambiente escolar quanto com propostas para serem realizadas em casa ou em locais diferentes.

Apesar dos desafios impostos pela pandemia, convocar alunos e responsáveis para atividades na escola pode, além de aumentar a confiança em relação aos funcionários e na gestão pedagógica, proporcionar bons momentos e criar ótimas lembranças naquele ambiente, tornando-o mais agradável e íntimo.

Além disso, desenvolver atividades que aumentem o diálogo entre o aluno e a família pode ter resultados surpreendentes!

2.       Atividades culturais

Apostar em um ensino amplo, em metodologias ativas, com diferentes recursos e um bom material didático são fatores importantes para alcançar bons rendimentos e benefícios.

Porém, proporcionar variadas experiências fora da sala de aula também contribui para a aquisição de conhecimento e aprendizado.

Sendo assim, visitas a museus, teatros, cinema e até mesmo em zoológicos são consideradas ótimas opções para serem realizadas nos períodos de férias.

Diversos assuntos tratados em sala de aula podem ser vivenciados fora dela, possibilitando memórias — e conhecimentos — mais reais e duradouras, sendo desenvolvido em locais com maior interação e prática.

Posteriormente, podem ser desenvolvidas em sala de aula atividades que abordem e relembrem assuntos e curiosidades que foram conhecidas nesses passeios, possibilitando o trabalho interdisciplinar e incentivando a criatividade dos alunos.

3.       Brincadeiras lúdicas

Sim, é possível aprender de forma lúdica!

Não existe uma fórmula mágica de ensino-aprendizagem e todas as propostas devem ser consideradas válidas, já que podem alcançar resultados diferentes em cada pessoa, devido a individualidade.

Dessa maneira, é fácil pensar que os aprendizados por meio de brincadeiras lúdicas também alcançam bons resultados, já que podem ser vivenciados sem a obrigatoriedade e pressão que outros métodos podem gerar.

Para desenvolver esse tipo de aprendizado é válido que a gestão incentive a qualificação da sua equipe que, muitas vezes, também pode aproveitar os períodos de recesso para investir em cursos rápidos oferecidos especialmente com essa finalidade.

Sendo assim, aposte em brincadeiras que estimulem e abordem algum tipo de conhecimento, de qualquer matéria escolar, como números, animais, acontecimentos históricos ou cores.

4.       Acantonamento nas férias escolas

Já pensou em utilizar o ambiente escolar para algo além das atividades tradicionais?

Com a rotina intensa de aulas e estudos às vezes não sobra tempo para pensar na escola como um ambiente neutro, onde se encaixam diversas possibilidades.

Nesse sentido, ao longo das férias escolares, convidar os alunos para passarem um tempo nesse ambiente, mas com uma proposta completamente diferente, pode ser uma excelente ideia!

Programe atividades para o dia e para a noite, inclua rodas de conversa, cinema com pipoca, música, dança, café da manhã e experiências diferentes. Também é possível criar temas para o evento, como festa do pijama ou festa a fantasia.

5. Feira de ciência ou mostra de conhecimentos

Já pensou colocar em prática, nas férias, um aprendizado que foi adquirido ao longo do ano?

Elaborar uma feira de ciências ou um espaço onde os alunos possam exibir projetos e ideias que foram desenvolvidas em sala de aula pode ser uma ótima oportunidade de trazer os responsáveis para o ambiente escolar e mostrar a eficiência e qualidade do ensino oferecido.

Nesse sentido, fazer com que a comunidade em geral também possa ter acesso a esse evento fará com que a visibilidade da escola seja ainda maior e, consequentemente, o desejo por fazer parte desse grupo também aumente.

Além disso, se torna uma excelente oportunidade de estimular a criatividade e a capacidade de trabalhar em grupo. A supervisão dos orientadores será fundamental, porém, a liberdade de escolha e execução oferecida aos alunos fará com que se sintam importantes no processo e ganhem autonomia.

Planejamento é tudo!

Em primeiro lugar, todas as atividades e eventos que serão realizados devem ser programados com antecedência e é nessa hora que uma boa gestão escolar fará a diferença. Desse modo, todos terão tempo suficiente para preparar tudo o que for necessário, comunicar os responsáveis para que se planejem e divulgar a atividade da maneira correta.

Se reúna com toda a equipe para criar e avaliar ideias, afinal, todos podem ser envolvidos nesse cronograma já que o apoio de diferentes setores será solicitado desde a divulgação e inscrição até a execução das atividades.

O apoio dos responsáveis é fundamental e, para isso acontecer, os educadores, assim como os gestores, precisam entrar em comum acordo com a forma de apresentar as atividades pedagógicas.

Da mesma maneira, deve-se levar em conta as diferentes idades e etapas existentes na escola. As ideias aprovadas para o Ensino Básico podem, na maioria das vezes, não ser adequadas para o Ensino Médio, o qual necessitará de seu próprio cronograma.

Seja como for, o principal intuito das férias escolares é, sim, o descanso e o distanciamento da rotina vivida ao longo do ano. Sendo assim, é muito importante que os gestores saibam como dosar e manter as atividades pedagógicas desse período atraentes e proveitosas.

Manter o contato entre gestão, equipe pedagógica, alunos e responsáveis pode ser a chave para que tudo seja desenvolvido de acordo com os interesses e metas pré-estabelecidos. Além disso, a dedicação ao longo desse período fará com que a escola ganhe maior visibilidade e reconhecimento no mercado.

Atualmente, a volta às aulas pós-pandemia tem sido mais um desafio enfrentado pelas escolas. Clique no banner abaixo agora mesmo e descubra como um programa bilíngue pode ajudar nesse momento!

Compartilhe esse texto!

Assine nossa newsletter e fique por dentro de mais conteúdos relevantes sobre educação!

Veja textos relacionados:

Imagem em formato de desenho com uma mulher ajudando uma criança a empilhar blocos.

BNCC: entendendo os conceitos de competência e habilidade

As competências e habilidades presentes na BNCC, a Base Nacional Comum Curricular, são diretrizes que têm como principal objetivo o desenvolvimento uniforme e pleno de todos os estudantes, regulamentando o currículo com propostas de aprendizagens fundamentais e essenciais…