Saltar para o conteúdo
Seguindo o planejamento de volta às aulas pós-pandemia, uma mulher está aferindo a temperatura de uma aluna

6 pilares do planejamento de volta às aulas pós-pandemia

Com a suspensão das aulas presenciais em razão da necessidade de combater os efeitos do COVID-19, os gestores educacionais se viram sobrecarregados e diante de um cenário completamente novo e inesperado. Mas agora é a hora de enfrentar um novo desafio: o planejamento de volta às aulas pós-pandemia.

Nesse sentido, os diretores e coordenadores precisarão estudar a fundo todo o processo exigido para fornecer o máximo de segurança à equipe e aos alunos, além de resolver questões como gestão de crise, tomadas de decisões importantes para a instituição e como dar suporte à comunidade escolar.

É por esse motivo que a importância de criar um planejamento de volta às aulas nunca foi tão crucial. Assim sendo, deixar os preparativos para última hora só prejudicará o desempenho da sua instituição, atrasando ainda mais o calendário escolar.

Pensando em ajudar você nessa tarefa, o Edify elaborou este material para que você entenda quais são os pilares de um bom plano de ação escolar. Por isso, continue sua leitura e veja o que considerar para o seu planejamento de volta às aulas pós-pandemia. Vamos lá?

1- Reavaliar o planejamento financeiro da instituição

Um dos maiores desafios da paralisação das aulas presenciais foi lidar com a inadimplência e a perda de matrículas. A situação econômica do país continua instável e, por isso, muitas famílias se viram sem suporte financeiro. Porém, uma boa forma de contornar essa situação é apostar em soluções para diversificar os métodos de pagamento.

O intuito é oferecer meios diversos para que os responsáveis consigam pagar as mensalidades com o máximo de conforto e praticidade. Softwares de gestão podem facilitar a administração do setor financeiro e outros departamentos da escola. Além disso, outra solução é possibilitar a cobrança via cartão de crédito por meio do débito programado, isso fará com que os atrasos ocorram com menos frequência.

Para o caso dos responsáveis que estão devendo algumas mensalidades, a melhor saída é oferecer possibilidades de negociação e conceder descontos quando possível. Afinal, você entende bem o quão trabalhoso é o processo de captar novos alunos. Portanto, é menos prejudicial negociar a dívida de estudantes antigos do que tentar conseguir novas matrículas.

2- Estruturar o planejamento pedagógico de forma eficiente

Outro pilar de um planejamento eficaz de volta às aulas pós-pandemia é o plano pedagógico. Seu objetivo é alinhar questões como infraestrutura, corpo docente, desafios de gestão, relacionamento com a comunidade local e os familiares dos alunos com as diretrizes do MEC (Ministério da Educação).

Portanto, esse planejamento deve incluir como os espaços internos da escola serão utilizados no dia a dia pós-pandemia, novas tecnologias de ensino, calendário de eventos, projetos interdisciplinares e outros.

Também deve constar o planejamento curricular, isto é, todos os assuntos que os estudantes verão durante as aulas, bem como os métodos de ensino — apostar em conteúdos interessantes e motivadores pode ser interessante para cativar os alunos nesse retorno.

Para ter sucesso nessa etapa, avalie os PCNs (Parâmetros Curriculares Nacionais), que servem como uma referência curricular para inúmeras instituições educacionais. Como não se trata de uma cartilha rígida, você pode adaptar as normas citadas às realidades da sua escola; afinal, sabemos que cada instituição funcionará de um determinado modo no pós-pandemia.

3- Investir na qualificação dos professores antigos e dar suporte aos novos

Mais um ponto essencial para um ótimo planejamento de volta às aulas pós-pandemia é cuidar da equipe escolar. Depois de muito tempo com aulas à distância, muitas escolas podem considerar implementar o ensino híbrido na volta às aulas.

Se esse for o caso da sua instituição, é importante investir na qualificação dos professores para que eles consigam gerir suas turmas sem dificuldades, além de poder trabalhar o conteúdo planejado com sucesso.

Vale ressaltar que incluir projetos de qualificação dentro do planejamento escolar é uma forma de manter os docentes motivados em uma época tão instável e evitar altos níveis de rotatividade.

Contudo, isso não significa que você não possa contratar novos professores, caso sinta necessidade. Dessa forma, não deixe de dar as boas-vindas aos novos profissionais. Adicione no planejamento um período específico para recebê-los e apresentar as diretrizes da escola, o perfil educacional, valores e regras de conduta.

Nesse sentido, é possível contar com um programa bilíngue para o recrutamento de professores e para a preparação de um corpo docente qualificado e atualizado com as principais tendências da Educação a fim de diferenciar a sua escola e os seus alunos.

4- Seguir as diretrizes sanitárias à risca no planejamento de volta às aulas pós-pandemia para o retorno seguro

Mesmo com o retorno das aulas presenciais e semipresenciais, vale destacar que a pandemia ainda não acabou. Por isso, é essencial incluir no seu planejamento para a volta às aulas pós-pandemia estratégias para implementar as medidas sanitárias necessárias para o retorno seguro dos estudantes.

Assim, a instituição não pode deixar de praticar o distanciamento, dentro das salas de aula e em qualquer dependência da escola. As áreas comuns precisam ser higienizadas frequentemente e os bebedouros fechados. Reforce para toda a equipe e estudantes que cada um deve ter sua própria garrafa de água e continuar com o uso da máscara de proteção e álcool em gel ao longo do dia.

5- Definir um calendário escolar realista no planejamento de volta às aulas pós-pandemia

Todo esse planejamento para a volta às aulas pós-pandemia não pode ser cumprido corretamente se você, como gestor, não sabe estipular um calendário realista para cada evento. Monte um calendário com todas as atividades pensadas para o ano letivo, como dias de aulas presenciais e à distância, entrega de resultados de exames, aplicações de provas, reuniões com responsáveis e outras.

Dessa forma, fica mais fácil manter um controle dos acontecimentos cotidianos e pontuais da escola. Se esse cuidado já era essencial em épocas normais, no período pós-pandemia é ainda mais importante.

6- Montar um planejamento de marketing e comunicação para toda a comunidade escolar

Depois de pensar no conteúdo, atividades curriculares, treinamento dos professores, atualização da estrutura escolar e calendário para o cumprimento de cada evento, você precisa definir a comunicação escolar com sua comunidade.

É parte do planejamento volta às aulas pós-pandemia o trabalho de transmitir para a equipe, estudantes e responsáveis qual será a programação escolar no próximo ano letivo, de forma clara, objetiva e transparente.

Esse planejamento não para por aqui! O plano de marketing e comunicação da escola também deve incluir informações sobre o Coronavírus, como:

  • instruir responsáveis e alunos sobre os protocolos que serão seguidos na escola, bem como as consequências da pandemia;
  • criar campanhas de comunicação nas redes sociais da instituição, destacando as medidas de segurança adotadas, a fim de tranquilizar os atuais estudantes e atrair novos alunos;
  • utilizar uma linguagem motivadora e estimulante, que passe confiança a todos que fazem parte da comunidade escolar, encorajando todos a participar do enfrentamento da crise.

Agora que você já conhece os pilares do planejamento para a volta às aulas pós-pandemia, poderá preparar sua escola de forma eficiente e segura para o retorno do ano letivo presencial. Caso pretenda adotar o ensino híbrido, não esqueça de incluir o período de adaptação no seu planejamento. Nesse aspecto, saiba que o Edify está disponível para dar o suporte necessário para um retorno às aulas com máxima segurança e forte engajamento dos alunos. Sempre conte com a gente!

Agora é a hora de pôr a mão na massa! Clique no banner abaixo e faça o download do nosso e-book completo e gratuito com dicas valiosas para elaborar o seu plano de volta às aulas presenciais.

Compartilhe esse texto!

Edify Education

Somos uma empresa de soluções educacionais em inglês que tem a missão de fazer dessa geração uma geração bilíngue. Por meio de uma abordagem inovadora, levamos o ensino do inglês para mais todo o Brasil, formando professores preparados para enfrentar os principais desafios da educação e proporcionando aos alunos vivências que desenvolvem habilidades de vida importantes para o mundo de hoje (e de amanhã!).

Assine nossa newsletter e fique por dentro de mais conteúdos relevantes sobre educação!

Veja textos relacionados: